12.6.15

Quando ter um namorado se torna uma obrigação

Ah!, estátua sortuda. AHSUSHAU
Há uns dias atrás, tive uma conversa com uma amiga, sobre o fato de eu estar as vésperas de completar 15 anos e nunca ter tido um "namoradinho", sequer um ficante. Hoje em dia, principalmente onde moro, o fato de estar com quase 15 e nunca ter beijado na boca é motivo pra deixar qualquer um surpreso. 

Lembrei de uma aula de sociologia, onde a professora comentou sobre como os lugares e as pessoas com quem a gente convive colaboram com a construção da nossa identidade, e percebi como nada disso influenciou muito na minha personalidade. Todos dizem sobre como eu sou diferente das outras garotas daqui, e já escutei de TUDO sobre o fato de eu ser assim. 


Acho incrível na capacidade de algumas pessoas de se intrometer na vida alheia, e falar sobre ela como fosse sua própria vida. O que mais escuto por aqui é que eu tenho problemas psicológicos (sim!) e que deveria procurar um médico porque tenho depressão. Isso porque não curto sair com meus amigos e aparentemente não faço nada que um adolescente considerado "normal" faria - vulgo fazer "rebeldias" e sair ficando com um e com outro. As pessoas dizem, na minha cara até, que eu sou s o n s a por isso. Que fico me fazendo de santa mas que devo ter uma "lista criminal" de deixar qualquer um de queixo caído. 
Sempre procurei não me abalar com o que dizem, porque o que eles acham ou deixam de achar não vai mudar quem eu sou. Eu prefiro priorizar meus estudos, porque sei que eles vão me dar bons resultados de acordo com meu desempenho, que mal há nisso?
Estão acostumados com o "modo padrão" de alguns adolescentes, e não importa o quanto está errado alguns agirem de forma inconsequente, se você não está agindo assim, você tem algum problema. Quase como uma obrigação.
Não estou julgando ninguém, obviamente. E lógico, não são todos que pensam dessa maneira, apenas os que estão padronizados e que acham que mudar - ou ser diferente - é absurdamente impensável.

Não tenho cabeça para "namoros" que provavelmente não vão dar em nada - só pra satisfazer esses fofoqueiros de vida alheia, que esperam que eu o faça só pra depois dizer: "olha lá, eu disse que de santa ela não tem nada". Muito menos ficar com alguém que eu não conheço, que só porque me achou bonita, se acha no direito de colocar nossas línguas para se engalfinhar - mas nem sempre querer é poder, né, amor?

Acabo de descobrir o motivo do meu fanatismo por fotografias de casais. Imagens passam essa sensação, sabe? De que há amor ali.
Nunca pensei em querer encontrar minha "metade da laranja", porque eu sou, e sempre quero estar completa. Quero alguém para complementar, não para completar, como um vaso meio cheio meio vazio. Sempre achei que alguém só é feliz com seu parceiro quando é feliz consigo mesma. Achar que precisa de alguém pra ser feliz só faz da pessoa insegura. Por isso acho improdutivo estar com alguém só para dizer que tem um namorado. 
A base de um relacionamento é o sentimento, se não o tiver, o que vai sustentá-lo? Nada vai. Fico muito contente quando vejo alguém realmente feliz com seu relacionamento, não pelo fato de estar namorando, e sim pelo sentimento.
Não vejo mal algum tentar algo quando se gosta da pessoa e tal, agora aparecer com alguém só pra dizer pra Deus e o mundo "AÊÊÊ SEUS TROXA, EU TENHO UM NAMORADO!!1!", não dá né. 
Fui muita ironia da minha parte publicar esse textão hoje, I know. Mas para todos os namorados (DE VERDADE!!1!), espero que tenham tido um dia inesquecível, really
Enfim, eu queria desabafar um pouco e acabou que o post ficou enorme - e pensar que no rascunho só deu um parágrafo. É isso meus amores, opinem se quiser. 

14 comentários:

  1. Mas gent, tu é tão eu, hahahaha. Sério. Muitas vezes falam que vou acabar sozinha pro resto da vida, que preciso me cuidar pra daqui uns dias casar, que tenho que pensar em namorado já, e blá blá bla. Eu já tenho 18 anos e nunca namorei e tem gente que acha isso um ABSURDO cara T-T E eu tô nem aí pra isso.
    E como tu disse, quero alguém pra me complementar, e não pra completar. E que esse alguém seja a pessoa certa que me faça ter vontade de passar o resto da minha vida junto. Não pra ter um status, ou pra mostrar pro mundo que tenho. Até porque, quando pessoas se amam, elas não precisam exibir isso pro mundo todo (ou precisa?, sei lá, não manjo dessas coisas de amorzinho) jdsaijdsaij
    Enfim, até essa pessoa aparecer (ou não, né, porque eu não deixarei de ~tentar~ ser feliz só porque não tenho alguém ao meu lado) quero viver minha vida, focar nos estudos também e tentar ser feliz. haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, não é como se fosse o fim do mundo, não é?
      Isso aí <3 Como diz minha mãe, status não põe mesa. -masq
      Faço das suas palavras as minhas. <3

      Excluir
  2. Sem pressa, Viih!
    Você é jovem ainda (eu comecei cedo, com 13 anos e me arrependo até hoje porque eu era muito insegura na época) e tem todo o tempo do mundo. Às vezes, o amor está lá do nosso lado e nós é quem não reparamos nele. Foi meu caso... a garota dos meus sonhos estava lá o tempo todo, disfarçada de amiga e eu não percebia isso, até que me envolvi com uma pessoa errada e só então, eu vi que sempre quando eu chorava ou quando me sentia sozinha, só uma pessoa estava ali para segurar minha mão ou me abraçar e eu só percebi isso quando quase a perdi por um erro estúpido. O que eu quero dizer é que o amor acontece quando a gente menos espera. Não precisa ir com sede ao pote. Tudo ao seu tempo.
    Hoje, me sinto a pessoa mais feliz do mundo e não me falta nada.
    Um beijo, minha amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que sempre digo, tenho todo o tempo do mundo.
      Esse tipo de coisa acontece o tempo todo, mas nunca sabemos quando é conosco.
      Um beijo, Dani. <3

      Excluir
  3. Oie flor 'u'
    Sim, essa estatua é muito sortuda ahahhaha.
    Eu confesso que já beijei, eu gosto de beijar, nossa sinhora e como gosto. Eu me sinto bem com isso. Se você não quer isso, é problema seu, acho engraçado como as pessoas gostam de se intrometer assim.
    Eu tive uma amiga que me fez fazer isso, me arrependi de ter feito com aquela tal pessoa, as vezes até me arrependo de ter feito isso, poderia ter sido mais especial. Mas foda-se aconteceu.
    Como assim te chamam de sonsa? Meu deus, o melhor é deixar pra lá mesmo, quando você se sentir bem com isso você simplesmente vai querer fazer, ninguém tem problemas por causa disso.
    Eu também não gosto de sair, se for pra sair tem que ser com o pessoal que eu gosto, as meninas ficam falando que eu não vou na casa de ninguém, que eu só fico jogando em casa. Cara, eu não gosto de sair com elas, gosto de ficar aqui em casa, jogando. Me sinto fora do meu lugar com elas.
    Acho que esse idade de 15 é a idade que você começa a experimentar coisas desse tipo, é normal que isso aconteça, mas se alguém não quer não significa que ela é um bicho de sete cabeças.
    Eu só beijei um garoto na minha vida, e cara eu me sentia bem com ele, não deu certo, não deu. Mas não significa que foi algo inútil na minha vida.
    Adorei o post, fique ai com o meu comentário sem noção
    † sessão proibida †

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie ~
      Justamente, o problema é só meu, mas parece que os vizinhos não sabem disso. (e-e')
      É chato mesmo quando uma amiga nos obriga, não dá pra mudar o passado, né?
      Pois é, é como se o seu pessoal não fosse de fato o seu pessoal. -q
      Exaaato, mas talvez eu demore um pouco mais. aahsusahusa
      O que importa é que tu se sentia bem com ele.
      Obrigada pelo comentário. <33

      Excluir
  4. Cara, fiquei me perguntando onde você vive, achei muito esquisito isso de ficarem surpreso por alguém ter 15 anos e nunca ter beijado ninguém. Isso nem faz sentido .-.
    Fiquei meio "revoltado" com esse povo de ficar te chamando de sonsa e santa só porque não ages conforme a "regra". haha Tá super certa, ser feliz primeiro e depois ser feliz com o outro, até falei recente de amor-próprio no meu blog. Adorei :)

    enquantotipico.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, é realmente muito estranho.
      Fazer o que, né, para algumas pessoas é mais fácil apontar para o umbigo do outro que o próprio.
      Que bom que gostou! <3

      Excluir
  5. Bom, no mundo de hoje pessoas de 11 anos estão tendo filhos e deve ser por isso que alguns estranham por nunca ter beijado ninguém, mas vou lhe dizer... só comecei a namorar com 16 anos, meu primeiro beijo e tal e até hoje estou com ele. Eu acho que todos deveriam respeitar as escolhas dos outros.

    Me desculpe pela ausência em seu bloguito, eu estava sem tempo para postar e por isso demorei para retribuir o comentário. Bom, eu estou de volta e esperando seu recadinho no meu blog: Equalizando - [visite, baby]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, esse tipo de coisa já está virando algo "normal".
      Não tem problema, baby. <3

      Excluir
  6. Tenho "amigas" que dizem na minha cara que eu pareço santa, mas que dessa não tenho nada, tem uma até que diz que as caladinhas, como eu, que são as piores. Não digo nada, só observo. Se eu disse algo ia rolar altas tretas e ai não sobraria ninguém.
    Aqui também é estranho alguém dizer que nunca beijou quando já tem mais de 10. SIM, DEZ ANOS e as moças já querem saber se tu já beijou, se foi de língua, se gostou, se já deu outra coisa também ou foi só a boca. Lembro que minhas amigas na quinta série já me perguntavam se eu era bv, e eu mentia, dizendo que não , e a reação delas era "Nossaaa, tô chocada. Não acredito que ainda não beijou ninguém" teve uma vez que até tentaram me jogar para cima de um garotinho da nossa escola (que até a pouco tempo, eu tinha uma paixonite), só que num quesito concordávamos (eu e ele), nenhum de nós gostou do que via então não havia motivo para aquilo.
    A sociedade impõe tanta coisas, as vezes boas e outra ruins, mas são tantas coisas que as vezes nem faz sentido. Sim, eu beijei antes dos 10, mas minto por que quero, talvez até mesmo para ver a reação das pessoas (e também por que mamãe me enterraria viva se soubesse). Mas tem pessoas que tem 20 e nunca beijaram ou transaram, e tipo, véi, a vida é deles, se eles não querem, não sou eu que vou obrigá-los.
    Adorei essa postagem. Me identifico com sua opinião. Beijos ~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, por aqui todos dizem o mesmo.
      As pessoas (no caso, os meus amigos), nem perguntam mais sobre isso, já estão acostumados com a resposta. Inclusive, tem um que acha que eu tô super certa em não adiantar as coisas. Cada coisa no seu tempo.
      Que bom que gostou, beijos ~

      Excluir
  7. Essa estátua. Eu queria ser essa estátua.
    Olá, Viih. Desculpe a demora para aparecer, mas cá estou. Como você está? Bom, eu te entendo completamente. Tenho 16 e nunca namorei na vida. Já fiquei com alguns garotos que significaram muito ou quase nada pra mim, mas não me acho madura o suficiente pra um relacionamento e as pessoas acham que isso é algum problema... Acontece que ninguém é cópia de ninguém nesse mundo, nem mesmo gêmeos pensam da mesma forma. Somos todos humanos independentes com sua própria ideologia e sério, eu já liguei muito para o que as pessoas diziam, agora eu liguei o f pro mundo. Nós não somos "sonsas", não somos santas, somos nós e ninguém tem nada a ver com isso. Não temos que ter pressa mesmo, ninguém encontra o amor, o amor que encontra as pessoas. Adorei seu ponto de vista sobre o assunto, somos muito parecidas.

    Carinhosamente, Jheni. * e m p i r e k a w a i i & q u i n z e o u t o n o s *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jheni. o/
      Também tive uma época que me importava demais com as pessoas, mas isso sempre me causou problemas.
      O melhor que podemos fazer é esperar as coisas acontecerem.
      Fico feliz que tenha gostado, beijos! <3

      Excluir

~ Moderação de comentários ativada ~